Produtos Naturais com Própolis Verde para uso tópico em animais.

Conheça Nossos Produtos

Produtos Naturais com Própolis Verde para uso tópico em animais.

Conheça Nossos Produtos

Produtos Naturais com Própolis Verde para uso tópico em animais.

Conheça Nossos Produtos

Produtos Naturais com Própolis Verde para uso tópico em animais.

Conheça Nossos Produtos

Produtos Naturais com Própolis Verde para uso tópico em animais.

Conheça Nossos Produtos

Produtos Naturais com Própolis Verde para uso tópico em animais.

Conheça Nossos Produtos

Produtos Naturais com Própolis Verde para uso tópico em animais.

Conheça Nossos Produtos
Própolis

Própolis é uma substância resinosa complexa, de aspecto pastoso, elaborado pelas abelhas através da coleta de resinas de diferentes vegetais da flora da região. A Própolis veda a colmeia e protege contra fungos e bactérias ou evita a proliferação de micro-organismos.

Própolis Verde

A diferença entre os tipos de própolis está vinculada à sua origem botânica. A Própolis Verde é obtida a partir de uma planta nativa do Brasil, o Alecrim do Campo, e tem uma ampla gama de propriedades biológicas e farmacológicas. Isso por conter o Artepillin C, um flavonoide que tem ação antimicrobiana, imunomoduladora, antioxidante, anti-inflamatória e até antitumoral.

Cosmética Natural, ecológica e complementar

PROPOVETS® prioriza a biodiversidade botânica brasileira e trabalha pela responsabilidade ambiental, sustentabilidade e conscientização do respeito aos animais como forma de promover a saúde integral do planeta e seus produtos são a expressão de sua essência. Natural em sua essência.

Linha de Produtos

Os produtos PROPOVETS são restauradores de tecidos elaborados com substâncias extraídas da mais rica própolis produzida na natureza, a Própolis Verde originada no Brasil, que lhes confere propriedades e os torna aliados naturais de alta eficácia no cuidado do animal e daqueles que o amam.

Compre agora
COSMÉTICA NATURAL, ECOLÓGICA E COMPLEMENTAR

PROPOVETS® prioriza a biodiversidade botânica brasileira e trabalha pela responsabilidade ambiental, sustentabilidade e conscientização do respeito aos animais como forma de promover a saúde integral do planeta e seus produtos são a expressão de sua essência. Natural em sua essência.

PRÓPOLIS

Própolis é uma substância resinosa complexa, de aspecto pastoso, elaborado pelas abelhas através da coleta de resinas de diferentes vegetais da flora da região. A Própolis veda a colmeia e protege contra fungos e bactérias ou evita a proliferação de micro-organismos.

PRÓPOLIS VERDE

A diferença entre os tipos de própolis está vinculada à sua origem botânica. A Própolis Verde é obtida a partir de uma planta nativa do Brasil, o Alecrim do Campo, e tem uma ampla gama de propriedades biológicas e farmacológicas. Isso por conter o Artepillin C, um flavonoide que tem ação antimicrobiana, imunomoduladora, antioxidante, anti-inflamatória e até antitumoral.

A Propovets

A PROPOVETS® é uma empresa 100% nacional pioneira na utilização de Própolis Verde em seus produtos. Usa a sabedoria e a inovação para trazer o melhor da natureza para qualidade de vida dos animais e daqueles que os cercam.

Saiba Mais

Testemunhos dos Clientes

“Os produtos da Propovets são maravilhosos, minha golden retriever sofre de uma alergia severa na pele e conseguimos até suspender a ração hipoalergênica de tanto que a pele dela melhorou!”

Renata / Cliente Propovets

“Produto de excelente qualidade. O pelo do animal, fica lindo, brilhante e macio. Muito bom mesmo. Recomendo.”.

Rosana / Cliente Propovets

“Esse xampu é ótimo. A pele da minha cadela melhorou muito. Também usei a loção da mesma linha. Recomendo.”

Orlaine Maciel / Cliente Propovets

Instagram

Origem: O Pug é uma raça com características bem distintas, como o nariz achatado e o rabo curvado. Sua coloração em geral é preta ou clara e de porte pequeno. Os Pugs foram trazidos da China para a Europa ainda no século XVI. Na China, eles eram criados como cães de companhia e extremamente valorizados pelos imperadores e pela aristocracia chinesa, inclusive os monges também os mantinham como pets em seus monastérios.⠀
_⠀
Na Europa a raça foi popularizada pela nobreza, principalmente pelas Casas de Stuart (Inglaterra) e Orange (Holanda). Diz a lenda que um pug chamado Pompey salvou a vida do príncipe holandês William da casa de Orange ao avisá-lo da presença de assassinos espanhóis que queriam mata-lo durante a Guerra dos Oitenta Anos. A Rainha Vitória era uma grande admiradora da raça e sua paixão pelos pugs passou para as gerações seguintes e no século XIX a raça foi reconhecida oficialmente.⠀
_⠀
Saúde e Cuidados: Dada sua anatomia e característica braquicefálica (focinho achatado) os pugs são propensos a ter diversas doenças e complicações de saúde. As mais comuns são dificuldades respiratórias e dificuldade para regular sua temperatura (algumas companhias aéreas inclusive não permitem que pugs sejam transportados devido ao risco de morte pelo calor, temperatura e pressão nos aviões). Se a temperatura do animal chega a 42 °C ou mais, o cachorro sofre grande risco de sofrer de falência dos órgãos. Além disso, aqueles que vivem uma vida sedentária podem sofrer de obesidade. Sua expectativa de vida média é de 11 anos.⠀
_⠀
Temparamento: A raça é considerada extremamente amigável e ótima tanto para solteiros como para famílias com crianças. Pugs tendem a ser sensitivos e intuitivos ao comportamento de seu dono e sempre buscam agradá-los. Muitas vezes eles seguem seus donos pela casa, mas também adoram um cochilo.
Origem: O Pug é uma raça com características bem distintas, como o nariz achatado e o rabo curvado. Sua coloração em geral é preta ou clara e de porte pequeno. Os Pugs foram trazidos da China para a Europa ainda no século XVI. Na China, eles eram criados como cães de companhia e extremamente valorizados pelos imperadores e pela aristocracia chinesa, inclusive os monges também os mantinham como pets em seus monastérios.⠀ _⠀ Na Europa a raça foi popularizada pela nobreza, principalmente pelas Casas de Stuart (Inglaterra) e Orange (Holanda). Diz a lenda que um pug chamado Pompey salvou a vida do príncipe holandês William da casa de Orange ao avisá-lo da presença de assassinos espanhóis que queriam mata-lo durante a Guerra dos Oitenta Anos. A Rainha Vitória era uma grande admiradora da raça e sua paixão pelos pugs passou para as gerações seguintes e no século XIX a raça foi reconhecida oficialmente.⠀ _⠀ Saúde e Cuidados: Dada sua anatomia e característica braquicefálica (focinho achatado) os pugs são propensos a ter diversas doenças e complicações de saúde. As mais comuns são dificuldades respiratórias e dificuldade para regular sua temperatura (algumas companhias aéreas inclusive não permitem que pugs sejam transportados devido ao risco de morte pelo calor, temperatura e pressão nos aviões). Se a temperatura do animal chega a 42 °C ou mais, o cachorro sofre grande risco de sofrer de falência dos órgãos. Além disso, aqueles que vivem uma vida sedentária podem sofrer de obesidade. Sua expectativa de vida média é de 11 anos.⠀ _⠀ Temparamento: A raça é considerada extremamente amigável e ótima tanto para solteiros como para famílias com crianças. Pugs tendem a ser sensitivos e intuitivos ao comportamento de seu dono e sempre buscam agradá-los. Muitas vezes eles seguem seus donos pela casa, mas também adoram um cochilo.
Origem: É uma raça de originada na região norte da China, muitas vezes chamada de “cachorro leão” ou “Cachorro do Império de Tang”. Acredita-se que o chow chow foi o cachorro nativo que serviu de modelo ás estátuas de pedra que se encontram em muitos templos budistas e palácios chineses. O Chow Chow, um dos cães mais antigos do mundo, sendo um dos primeiros a originar do lobo cinzento. Sua aparência, que muito se assemelha a um leão devido a juba imponente, tem como característica marcante a língua, lábios e cavidade oral de coloração azulada. Digno e reservado foram criados em mosteiros tibetanos para proteção caça, pastoreio e até para afugentar maus espíritos. No palácio imperial eram tratados como seus membros, sendo alimentados com as melhores iguarias, recebiam títulos de nobreza e honrarias. Eram criados para guarda, proteção e embelezamento.⠀
_⠀
Historiadores apontam que o Chow Chow surgiu há mais de 2000 anos no ártico asiático, migrando posteriormente para a Mongólia e para a China. Eles eram utilizados como cães de caça e para puxar trenós, como registrado pelo viajante e explorador italiano Marco Polo.⠀
_⠀
Temperamento: Chow Chow tendem a ser desconfiados com relação a estranhos e super protetores com relação aos seus donos e a propriedade que ele reside. A raça geralmente cria fortes laços com sua família, mas muitas vezes ele irá demonstrar maior proteção a um ou dois membros familiares. Treiná-los é estritamente necessário desde cedo, visto que podem se tornar bem teimosos quando adolescentes e não aceitar o treinamento de alguém que, ele não criou laços familiares. Socialização, da mesma maneira, é crucial para evitar comportamento agressivo com outros cachorros (especialmente outros Chows do mesmo sexo). Recomenda-se também que eles não fiquem em contato com gatos estranhos devido ao seu instinto natural de caça.⠀
É um valente guardião da casa e é indicado para donos experientes por ser um cão dominante.⠀
_⠀
Saúde e Cuidados: Devido a sua pelagem longa, recomenda-se a higienização constante e manutenção da pele e do pelo, principalmente contra pulgas e infecções (bacterianas e fúngicas). A raça também tem propensão à doenças autoimunes
Origem: É uma raça de originada na região norte da China, muitas vezes chamada de “cachorro leão” ou “Cachorro do Império de Tang”. Acredita-se que o chow chow foi o cachorro nativo que serviu de modelo ás estátuas de pedra que se encontram em muitos templos budistas e palácios chineses. O Chow Chow, um dos cães mais antigos do mundo, sendo um dos primeiros a originar do lobo cinzento. Sua aparência, que muito se assemelha a um leão devido a juba imponente, tem como característica marcante a língua, lábios e cavidade oral de coloração azulada. Digno e reservado foram criados em mosteiros tibetanos para proteção caça, pastoreio e até para afugentar maus espíritos. No palácio imperial eram tratados como seus membros, sendo alimentados com as melhores iguarias, recebiam títulos de nobreza e honrarias. Eram criados para guarda, proteção e embelezamento.⠀ _⠀ Historiadores apontam que o Chow Chow surgiu há mais de 2000 anos no ártico asiático, migrando posteriormente para a Mongólia e para a China. Eles eram utilizados como cães de caça e para puxar trenós, como registrado pelo viajante e explorador italiano Marco Polo.⠀ _⠀ Temperamento: Chow Chow tendem a ser desconfiados com relação a estranhos e super protetores com relação aos seus donos e a propriedade que ele reside. A raça geralmente cria fortes laços com sua família, mas muitas vezes ele irá demonstrar maior proteção a um ou dois membros familiares. Treiná-los é estritamente necessário desde cedo, visto que podem se tornar bem teimosos quando adolescentes e não aceitar o treinamento de alguém que, ele não criou laços familiares. Socialização, da mesma maneira, é crucial para evitar comportamento agressivo com outros cachorros (especialmente outros Chows do mesmo sexo). Recomenda-se também que eles não fiquem em contato com gatos estranhos devido ao seu instinto natural de caça.⠀ É um valente guardião da casa e é indicado para donos experientes por ser um cão dominante.⠀ _⠀ Saúde e Cuidados: Devido a sua pelagem longa, recomenda-se a higienização constante e manutenção da pele e do pelo, principalmente contra pulgas e infecções (bacterianas e fúngicas). A raça também tem propensão à doenças autoimunes


Todos os campos são de preenchimento obrigatório

Entre em contato conosco!

Televendas: (11) 3895-9996 WhatsApp: (11) 97422-9072 sac@propovets.com.br

Condições Especiais para Hospitais, Clínicas Veterinárias e Pet Shops.